É assim que Rogério Bertoldo define sua obra. Vontade fluida, força maior do que a consciência, energia de paz e harmonia. Uma jardim inspirado pelo equilíbrio da natureza ao redor, uma experiência de comunhão com arte, com imaginação, com a vida pura, com os elementos naturais. O resultado disso tudo é o Parque Jardim das Esculturas dos Bertoldos próximo a Julio de Castilhos, no Rio Grande do Sul.

Rogério Bertoldo, outrora dedicado à agricultura familiar, hoje escultor autodidata, já esculpia em madeira, mas a partir de 2005 passou a esculpir em blocos de arenito vindos lá de Jaguari, movido por uma intensa energia criativa. De suas mãos nasceram centenas de imagens com mais de 200kg e 1,80m. Chegar ao Jardim gera um impacto visual e emocional a ser vivido.

São aproximadamente 40 km de chão batido, a partir da BR 158 em direção a São João dos Mellos, o 3º distrito de Júlio de Castilhos. Paisagens de campos sem fim, cultivados por lavouras de soja e fumo e marcados pela colonização italiana e alemã. Muita poeira e um desfecho surpreendente.  Como um paraíso sensorial pode surgir no meio disso tudo? Para entender, só indo até lá e conversando com Rogério e com Giselda, musa inspiradora, incentivadora e esposa desse artista visionário.

Todas as informações para a visita, encontras clicando aqui!

 

O artista Rogério Bertoldo, captando energias!

A primeira escultura

E uma coleção delas!

Iogue

O grande Buda